AMO TÊNIS

Olimpíadas

  • Crédito: EFE

    Nishikori não consegue vencer Murray e vai lutar, amanhã, pelo bronze da Rio 2016.
  • Crédito: EFE

    Murray vai fazer a final, amanhã, da Rio 2016 em busca do bi olímpico.

Murray é finalista da Rio 2016

Tenista britânico vence o japonês Nishikori e vai em busca do bi olímpico
Por: Redação - 13/08/2016 14:09:51

O britânico Andy Murray, atual campeão olímpico e vice-líder do ranking da ATP, segue firme na luta pelo inédito bicampeonato olímpico do esporte e bateu na semifinal o japonês Kei Nishikori, sexto da ATP.

Murray precisou de 1h20 para fechar o placar em 6/1 6/4  tendo convertido três aces contra nenhum do japonês, que cometeu 23 erros não-forçados contra 15 do britânico, que disparou 15 bolas vencedoras contra 13 de Nishikori. Durante toda a partida, Murray perdeu apenas sete pontos em seu saque.

Em um primeiro set que começou com os dois tenistas bem em seus saques e trabalhando com forehand nas paralelas. A quebra veio para Murray no quarto game e novamente no sexto game, nos quais tranquilamente, foi firme na devolução e rompeu o serviço do adversário nas chances que obteve. Mesmo com Murray tranquilamente fechando o primeiro set com 6/1, Nishikori perdeu apenas cinco pontos em seus games de saque durante a parcial.

No segundo set, Murray seguiu firme em seus games de saque e forçando a devolução dos saques do japonês. A quebra de saque veio para o britânico no quinto game e ele seguiu tentando pressionar o rival, mas não conseguiu nova quebra e não foi ameaçado em nenhum momento do jogo.

Na grande final olímpica, Murray aguarda pelo vencedor da partida entre o espanhol Rafael Nadal, medalhista de ouro em simples nos Jogos de Pequim, 2008, e ouro nas duplas no Rio de Janeiro, e o argentino Juan Martín Del Potro, surpresa da chave e medalhista de bronze nos Jogos de Londres, 2012.

No Rio de Janeiro, Murray escreve um novo capítulo na história do tênis olímpico, tornando-se o primeiro homem a disputar duas finais olímpicas. Caso avance, Rafael Nadal iguará o britânico com duas finais olímpicas. Antes do britânico, apenas a alemã Steffi Graf havia jogado duas finais olímpicas no tênis tendo ficado com o Ouro em Seul, 1988, e a Prata em Barcelona, 1992.

Na final deste domingo ele vai lutar por sua terceira medalha Olímpica, a segunda de ouro. Feito também inédito. Murray tem o ouro em simples de Londres em 2012, e a prata nas duplas mistas ao lado de Laura Robson.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade