AMO TÊNIS

Grand Slam

  • Crédito: Getty Images Sports

    Sérvio ficou a três títulos de Grand Slam do recorde de Roger Federer

Djokovic vira sobre Thiem e é campeão

Sérvio ficou a um set da derrota, mas buscou se manteve firme pelo oitavo título em Melbourne
Por: Redação - 02/02/2020 10:40:29
222 visualizações

O 14º e último dia do Australian Open teve mais uma decisão histórica em sua final masculina. Após 3h59 de jogo, Novak Djokovic venceu Dominic Thiem em cinco sets com parciais de 6/4, 4/6, 2/6, 6/3 e 6/4.

Esse foi o oitavo título de Djokovic em Melbourne, ampliando seu recorde como maior vencedor do Australian Open. O sérvio também chegou a 17 Grand Slams ganhos, ficando três abaixo do recorde de Roger Federer.

O duelo foi muito equilibrado, com ambos os tenistas tendo cinco quebras em 12 oportunidades. Equilíbrio também em erros não forçados, com 57 para cada um dos tenistas, enquanto em winners a vantagem foi de Thiem por 55 a 46.

Djokovic iniciou melhor o jogo e conseguiu abrir 3/0. Thiem foi se soltando na partida e chegou a empatar o duelo em 4/4, mas novamente o sérvio foi mais decisivo e buscou a quebra no décimo e último game do primeiro set.

A segunda parcial começou oposta ao set anterior. Thiem conseguiu uma quebra logo no início, mas Djokovic devolveu a quebra no oitavo game. Só que o austríaco se manteve firme e buscou novo quebra para sacar e fechar o set em 6/4.

Mesmo salvando um break-point, Thiem conseguiu abrir 4/0 no terceiro set. Djokovic ainda teve um break-point no game de saque do austríaco, mas Thiem conseguiu confirmar seus dois serviços e ficar na frente do placar.

Thiem teve a primeira chance de quebra do quarto set, mas Djokovic se salvou no terceiro game. A próxima chance foi do sérvio, que não desperdiçou a oportunidade de quebra no oitavo game e sacou com tranquilidade na sequência para empatar o jogo.

Djokovic foi para cima e conseguiu buscar a quebra no terceiro game. Thiem chegou a ter duas chances para devolver a quebra no game seguinte, mas o sérvio se manteve firme na parcial. Até o décimo e decisivo game, Djokovic não enfrentou break-points, chegou a ver Thiem abrir 0/15, mas anotou quatro pontos seguidos para confirmar a vitória.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade