AMO TÊNIS

Grand Slam

  • Crédito: Getty Images Sports

    Em quatro jogos em Melbourne, Djokovic venceu Federer em três oportunidades

Federer e Djokovic se encontram em Melbourne

Novamente sérvio avançou de forma tranquila, enquanto Federer teve que lutar para sobreviver
Por: Redação - 28/01/2020 12:40:51
311 visualizações

O nono dia do torneio masculino de simples do Australian Open definiu as semifinais de um quadrante do Grand Slam e vai colocar frente a frente Novak Djokovic e Roger Federer em um confronto no torneio.

Federer foi o primeiro a entrar em quadra e mais uma vez teve que lutar para sobreviver. Após 3h31 de jogo e sete match-points salvos, o suíço fechou o duelo contra o norte-americano Tennys Sandgren em parciais de 6/3, 2/6, 2/6, 7/68 e 6/3.

O primeiro set aparentava uma vitória mais tranquila para Federer. Mesmo tendo que salvar um break-point, o suíço buscou uma quebra no sexto game para conseguir a vantagem para fechar a parcial.

Mas o duelo mudou nos dois sets seguintes. Federer teve três chances de quebra e foi defendido por Sandgren, que buscou quatro quebras para fechar ambas as parciais com 6/2.

O quarto set caminhou equilibrado até o décimo game, quando Sandgren teve três chances para quebras que lhe valeriam o jogo, mas o suíço se salvou em todas. No tie-break, o norte-americano teve mais quatro match-points -uma em seu próprio serviço, mas Federer novamente se manteve firme e venceu o desempate para empatar o jogo.

Com seu melhor ritmo, Federer não enfrentou break-points no último set e buscou a quebra decisiva no sexto game para confirmar mais uma vez uma quase impossível vitória.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade