AMO TÊNIS

ATP 500

  • Crédito: Divulgação/Fotojump

    Gianluca Mager, que largou do qualifying, venceu o então favorito ao título do Rio Open.

Mager surpreende Thiem e vai à semi

Com a derrota, Dominic Thiem perde chance de assumir 3ª posição no ranking mundial
Por: Redação, com assessoria - 22/02/2020 20:03:51
180 visualizações

A zebra passeou neste sábado (22) pelo Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro, que recebe o Rio Open 2020. Em uma partida que teve início na sexta-feira e foi interrompida pela chuva, o italiano Gianluca Mager surpreendeu o favorito Dominic Thiem, número 4 do mundo, venceu por 2 sets a 0 (7/6 (4) e 7/5), e avançou à fase semifinal da competição. O adversário pela vaga na final será o húngaro Attila Balazs, que venceu o espanhol Pedro Martinez por 2/6, 6/4 e 6/2, no domingo. 

A partida entre Thiem e Mager começou na sexta-feira e foi interrompida pela chuva quando o italiano vencia o primeiro set por 7/6 (5) e o segundo por 2 a 1. Na continuação, neste sábado, o austríaco, campeão da edição 2017 do Rio Open, teve a chance de levar a decisão para o terceiro set quando sacou no 6 a 5. Mas o italiano de 25 anos, que veio do qualifying e não perde um set desde então, não sentiu a pressão e quebrou o número 4 do mundo para avançar à semifinal. “Estou sem palavras, emocionado, essa vitória foi a realização de um sonho, afinal Thiem é um jogador extraordinário”, disse Mager, número 128º do mundo.

Com a derrota, Thiem perdeu a chance de subir para o terceiro lugar no ranking, ultrapassando o suíço Roger Federer na lista que sairá na segunda-feira. “Tentei fazer mudanças na maneira de jogar em relação ao que tinha feito na sexta, mas não deu certo. Não joguei no meu nível e estou triste pela derrota e por não ter ido mais longe no torneio “, disse o vice-campeão do Australian Open em janeiro. “Não é fácil sair de um torneio (na Austrália) com condições diferentes daqui, piso também, onde fiquei exausto física e mentalmente. As condições no Rio não são fáceis, mas também é justamente por isso que é legal jogar aqui, pelo desafio. Hoje Mager mereceu a vitória”, completou o dono de 16 títulos na carreira e também duas vezes vice-campeão de Roland Garros.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade