AMO TÊNIS

ATP 500

  • Crédito: Divulgação/Fotojump

    Número 4 do mundo, Thiem avançou para a segunda rodada do Rio Open.

Thiem estreia com vitória no Rio Open

Austríaco teve trabalho diante do brasileiro Felipe Meligeni, mas confirmou o favoritismo
Por: Redação, com assessoria - 19/02/2020 09:41:25

Principal nome do Rio Open 2020, o austríaco Dominic Thiem teve trabalho, mas largou na competição com vitória. Na última terça-feira (18), o atual número 4 do mundo confirmou o favoritismo e venceu brasileiro Felipe Meligeni por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 4/6 e 6/1, no Jockey Club Brasileiro, no Rio de Janeiro (RJ).

O próximo adversário de Thiem será o espanhol Jaume Munar, que passou pelo italiano Salvatore Caruso por 7/5 e 6/4.

Com a quadra central cheia, Thiem dominou o primeiro set contra Meligeni, de 21 anos, que recebeu convite da organização depois de vencer a o torneio sul-23 Maria Esther Bueno Cup. Na segunda parcial, o austríaco recebeu atendimento no joelho esquerdo duas vezes, e viu o brasileiro empatar. No set decisivo, valeu mais a experiência de Thiem.

“Fiquei feliz com a vitória, joguei bem no primeiro e no terceiro sets, e ele fez um segundo set incrível. A atmosfera na quadra estava demais, com a arquibancada cheia, normal que a torcida estivesse do lado dele, mas também sinto que tenho uma relação especial com o público brasileiro desde que venci aqui (em 2017)”, disse Thiem, que contou sobre as dores no joelho. “Bati o joelho numa porta quando cheguei no Jockey. Na hora não me incomodou, mas durante a partida comecei a sentir dores e fiquei preocupado. Depois do atendimento melhorou”, completou.

Felipe Meligeni vendeu caro a derrota e saiu satisfeito com a experiência que viveu no Rio Open. “Estava nervoso antes da partida, mas deixei tudo em quadra, ganhei um set do número 4 do mundo, tive o apoio da torcida, vivi momentos maravilhosos”, disse.

Rio Open 2020 - resultados de terça-feira (18)

[5] Borna Coric (CRO) 2 x 0 Juan Ignacio Londero (ARG) – 7/6 (5) e 7/5

[LL] Attila Balazs (HUN) 2 x 0 Pablo Cuevas (URU) – 6/4 e 6/3

[2] Dusan Lajovic (SER) 2 x 1 Marco Cecchinato (ITA) – 6/4, 6/7 (4) e 6/1

Jaume Munar (ESP) 2 x 0 Salvatore Caruso (ITA) – 7/5 e 6/4

[1] Dominic Thiem (AUT) 2 x 1 [WC] Fernando Meligeni (BRA) – 6/2, 4/6 e 6/1

[Q] Gianluca Mager (ITA) 2 x 0 [8] Casper Ruud (NOR) – 7/6 (4) e 7/5

Lorenzo Sonego (ITA) 2 x 1 Leonardo Mayer (ARG) – 6/1, 5/7 e 6/4

[Q] João Domingues (POR) 2 x 0 Federico Gaio (ITA) – 7/6 (8) e 6/4

[2] Lukazs Kubot (POL)/Marcelo Melo (BRA) 2 x 0 [LL] Fernando Romboli (BRA)/Attila Balazs (HUN) – 6/3 e 7/5

Maximo Gonzalez (ARG)/Fabrice Martin (FRA) 2 x 0 Pablo Andujar (ESP)/Roberto Carballes Baena (ESP) – 6/4 e 7/5

[Q] Salvatore Caruso (ITA)/Federico Gaio (ITA) 2 x 0 Ariel Behar (URU)/Gonzalo Escobar (ECU) – 6/4 e 6/3

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade