+ Notícias

  • Crédito: Getty Images Sport/US Open

    Sapovalov, de apenas 19 anos, é uma das grandes revelações do tênis mundial.

Shapovalov discorda de Federer

Jovem canadense prefere bater com uma mão do que com duas na esquerda
Por: Redação e agências - 20/03/2019 08:24:20

Recentemente, o suíço Roger Federer admitiu que a batida de esquerda com as duas mãos era mais prática para ser ensinada aos jovens, sendo que o próprio Federer admitiu que não iria ensinar aos seus filhos a batida de esquerda com uma mão.

O jovem tenista canadense Denis Shapovalov, que já se encontra cidade de Miami, para disputar o Master 1000, não concordou com a afirmação do tenista de 37 anos e 20 Grand Slams na carreira e em entrevista, ainda em Indian Wells, foi contra essa visão de Federer.

“Estou muito chateado com o que o Federer disse sobre as batidas de esquerda com uma mão. Acho que é uma pancada inacreditável. Penso que tem razão quando diz que é difícil de se ensinar, especialmente quando você é jovem, porque não tens força suficiente”, confessou o canadense.

“Todo mundo gosta de ver uma esquerda com uma mão. É muito mais bonito e plásticp de se ver, mas também é muito eficiente. Não creio que com a batida de esquerda com as duas mãos conseguisse produzir pancadas como as que eu faço. Com a batida de esquerda com uma mão, tenho mais flexibilidade, adoro esta bola”.

“Tenho muito mais liberdade, acho que se consegue criar muito mais, abrir muitos mais ângulos. Claro que com a batida de esquerda com as duas mãos, se pegamos pela frente um jogador como o Novak, é possível abrir mais ângulos”, frisou o jovem de apenas 19 anos.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade